• CNSP elege diretoria para triênio 2018-2020 durante encontro em Serra Negra
  • 19 nov 2017

Mesa diretora da Assembléia Extraordinária: José Varkulja (AFRESP), Gaspar Bissolotti Neto (ASPAL) e Rita Amadio Ferraro (AFALESP).

A eleição para a escolha da nova diretoria e conselho da Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP), triênio 2018-2020, foi realizada no dia 27 de outubro, durante o Seminário CNSP 2017, em Serra Negra, São Paulo. O presidente da AFPEB, Armando Campos de Oliveira, integra a diretoria na qual ocupa a primeira vice-presidência. A diretoria eleita ficou assim constituida.

DIRETORIA EXECUTIVA:

Presidente da Diretoria Executiva, Antonio Tuccilio; 1º Vice-Presidente, Armando Campos de Oliveira; 2º Vice-Presidente, Amaro de Mello Vasconcellos; Diretor de Finanças Wagner Dalla Costa; Diretor Adjunto de Finanças, José Carlos Gonçalves; Secretário Geral, Luiz Manoel Geraldes; 1º Secretário, Lizabete Machado Ballesteros; Diretor Jurídico, Júlio Bonafonte; Diretor de Imprensa e Divulgação, Sylvio Micelli; Diretor de Assuntos Parlamentares João Elísio Fonseca; Diretor de Assuntos Internacionais, Glauco Silva de Carvalho; Diretor de Assuntos da Área Federal, Lucieni Pereira da Silva; Diretor de Assuntos da Área Estadual, João Carlos Milani Santos; Diretor de Assuntos da Área Municipal, Manoel Nascimento Veríssimo.

CONSELHO FISCAL:

Gilmar Belluzzo Bolognani, Carlos Roberto Martins de Lima, e Nivaldo Campos Camargo. Suplentes: Eduardo Pereira Quadros Souza, Oscar Antonio Klos e Roque Ribeiro Sanches.

CONSELHO DE REPRESENTANTES, com status de Vice-Presidentes Regionais da CNSP:

1ª Região (Rio Grande do Sul e Santa Catarina), Paulo Sebastião Gonçalves Olympio; 2ª Região (Paraná e Mato Grosso do Sul), Álvaro Miguel Rychuv; 3ª Região (São Paulo), José Gozze; 4ª Região (Rio de Janeiro e Espírito Santo), Derly Ávilla Correa; 5ª Região (Mato Grosso e Rondônia), Valdir Suzano; 6ª Região (Minas Gerais), José Carlos Consenzo; 7ª Região (Bahia e Sergipe), Carlos Kauark Kruschewisky; 8ª Região (Alagoas, Pernambuco e Paraíba), Luciano Albuquerque Florêncio; 9ª Região (Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí), Djalma Pires; 10ª Região (Maranhão, Pará, Amazonas, Acre, Roraima e Amapá); Adherbal Silva Pompeo; e, 11ª Região (Goiás, Tocantins e Distrito Federal), Elísio Gonzaga da Silva.